Espicaçando o Marketing

Em tempos bicudos, de transformações e mudanças, há que espicaçar. Quem pode espicaçar? Todos e cada um que tem um mínimo de discernimento do presente e sabem que à semelhança do que aconteceu com o Titanic, não tem sentido continuar tocando na orquestra.

terça-feira, maio 29, 2007

O Brasil só vai para frente com venda


Achei que o duplo negativo seria ruim para os ouvidos: o Brasil não vai para frente sem vendas. Achei melhor ao criar essa campanha, para ser lançada em âmbito nacional usar uma coisa mais positiva.

Mas e, o por que desse tema?

Em conversa com meu pai neste domingo, após o almoço, ele lembrou de seu falecido amigo Camargo Almeida. Era um vendedor nato! Não tinha senões, não tinha barreiras que não conseguisse transpor. Viajou pelo mundo afora e vendeu as coisas do Brasil e vendeu o próprio Brasil, como marca, como força, como procedência, como credibilidade.

Acho que o que falta no Brasil de hoje são mais empreendedores vendedores. Sim – há uma fila de gente querendo sair de seus empregos, para se transformar em empresários, mas não conseguem vender uma nota de R$10,00 por R$5,00! Que tipo de empreendedor será?

A história que ilustra bem a homenagem que quero prestar a esse grande vendedor de Brasil, Camargo Almeida, é o episódio dos abacates tropicais. Percebeu que os europeus não conseguiam fazer a famosa vitamina brasileira porque colocavam o fruto juntamente com o caroço dentro do liquidificador. Para resolver esse impasse, ele mandou colar uma ‘bula’ com instruções, na casca dos abacates.

Nada impedia o progresso de suas empreitadas. Com muita inteligência, ação e persistência ele alcançava seus objetivos. Percorreu o mundo vendendo frutas, alimentos, e coisas tropicais.
Creio que podemos abordar e analisar desafios e soluções empresariais por diferentes ângulos e perspectivas. Mas o mais importante de todos eles, é pela ótica das vendas. Pode-se diagnosticar, analisar e até estrategizar. Tudo tem seu valor e seu momento. Mas dê uma boa olhada no comercial e veja como a empresa está em comparação com o que deveria estar! Vendas é tudo!

Os mais sofisticados marqueteiros certamente torcerão o nariz. Insistem que vendas é uma coisa, e marketing outra. Se Drucker falou que Marketing é tudo, eu iria além e diria que Vendas é tudo. Daí que criei esse moto para uma campanha a ser levada ao ar e, com a criação de itens que vão gerar um clima legal para o movimento. Que tal adesivos para os pára-choques dos carros e caminhões? E bottons e cartilhas para serem distribuídos gratuitamente?
Tenho ouvido conselhos na rádio, e lido artigos para quem está desempregado ou quer trocar de emprego. Mas eu diria: abandone essas idéias e parta para vendas. Vendas é tudo!

Está querendo ganhar mais grana? Vá para vendas! Quer um emprego melhor? Vá para vendas. O bom vendedor não conhece crise, não conhece desemprego, não conhece um sonho que tenha sonhado e não tenha se realizado!

Pode rir, mas é verdade. O céu é o limite para quem vende. Se não tiver nada para vender, invente algo! Se o mercado interno estiver tumultuado, vá para exportação.

Se pudesse lhe dar um conselho, este seria: feche os olhos e mergulhe em vendas. Obedeça cegamente esse princípio - pois só assim terás progresso!

O Brasil, só vai para frente com venda!

2 Comments:

Blogger Lou H. Mello said...

Certo. Quando começo?

4:56 PM  
Blogger Henrique said...

O vendedor nato, cujo o dom lhe persegue de outras gerações, é tão raro quanto aquela mulher de beleza inquestionável. Nestes casos, o sucesso é inevitável. Para os demais, é melhor entender um pouco de marketing para facilitar as coisas.
Abs!
Henrique Donnabella

5:03 PM  

Postar um comentário

<< Home