Espicaçando o Marketing

Em tempos bicudos, de transformações e mudanças, há que espicaçar. Quem pode espicaçar? Todos e cada um que tem um mínimo de discernimento do presente e sabem que à semelhança do que aconteceu com o Titanic, não tem sentido continuar tocando na orquestra.

terça-feira, junho 20, 2006

Marketing e Reputação


Reputação é um termo muito usado entre os especialistas digitais, para denotar quantidade de referências, links e citações que uma pessoa ou uma causa tem.

É bom começarmos a nos habituar a isso, pois atrelamos o têrmo aos aspectos éticos e morais, e na verdade o mundo digital está nos levando em outra direção.

Recentemente saiu a lista da Revista Forbes, das cem maiores celebridades mundiais. Ronaldinho Gaúcho finalmente adentrou a lista, encabeçada por ninguém menos que Tom Cruise. Muito bem. O ponto que gostaria de enfatizar não tem mais a ver com a mania de listas dos americanos – mas sim com os critérios pelos quais o nosso mais ardoroso ídolo do futebol nesse momento de Copa, foi guindado a essa posição de destaque na elite das estrelas.

Ronaldinho aparece pela primeira vez porque teve no ano passado (acredito não ser rigorosamente o ano calendário) uma receita pessoal na casa dos USD$26 milhões. Mas isso só não basta para rankear a mais alegre arma do plantel brasileiro. Há também os seguintes fatores: quantidade de referências na internet, na imprensa e na mídia desde junho do ano passado (segundo notícia da Reuters).

Uma rápida busca pelo Google, nos dá que Tom Cruise o primeiríssimo na lista, tem 28.8 milhões manifestações, Tiger Woods (o melhor do golfe na atualidade e o primeiro atleta, em 5º lugar) com 19.6 milhões de manifestações e nosso “Ronaldinho Gaucho” na 53ª (tem que ser assim mesmo, entre ‘caspas’) apresenta 1 milhão e 130 mil manifestações.

Qual a razão desse critério para se rankear a lista? Não bastaria o volume de grana arrecadado? Aparentemente a grande defensora do capitalismo americano quer nos passar uma mensagem: dinheiro não basta! E com isso adicionamos mais alguns argumentos.

No mundo digital, onde meio, mensagem e interação mais que se misturam, o fator reputação é chave. E como se mede isso? Uma das maneiras é pelo volume de aparições ou citações independentes e também pela espontânea menção nos conteúdos da Internet. E para medir isso, os mecanismos de busca (Google, Yahoo entre os mais utilizados) são uma ferramenta elementar.

O mundo digital, ao permitir mensurações cada vez mais sofisticadas, possibilita mecanismos de avaliação tanto de marca como de força de uma mensagem. Tópicos que no passado recente, mesmo com pesquisas sofisticadas e caminhões de dinheiro, ainda ficavam no campo das generalidades e das margens de segurança, hoje podem – a custo zero – nos dar uma razoável idéia situacional.

Há mais de 3 anos o meu guru digital Hernani Dimantas escreveu o seguinte:
É importante entender o conceito de reputação num ambiente caótico e rico em diversidade. (leia o artigo inteiro aqui!)

Por isso digo que é mais importante acompanhar, para só depois tentar entender. Ganhar fluência em mais uma ferramenta (que permanece à disposição do novo profissional de marketing) é desafio pra todos nós. E é por esse caminho que vou trilhar.

3 Comments:

Blogger Lou said...

Nessa foto que você escolheu, impressiona a diferença do tamanho entre o Ronaldinho e o croata a persegui-lo. Mas, outro dia segui um link ao contrário de alguém que visitara meu Blog e fiquei espantado ao ir parar em um site de pesquisa e busca (que eu não conhecia) por onde passam milhares de internautas diariamente. Quando fazemos uma simples inserção, no caso meu tema era "desemprego", a multiplicação é incalculável.

10:09 AM  
Blogger Fábio Adiron said...

Você já experimentou fazer essa busca pelo seu próprio nome ? Eu fiz...tem uns lugares que eu nunca imaginaria....risos

De qualquer forma devo estar em 567483990398290.o lugar na lista.

11:34 PM  
Blogger Lou said...

Sim, já fiz. Aparece muitas vezes, mas, menos que você e o Volney.

12:17 PM  

Postar um comentário

<< Home